24 novembro 2007

Kadhafi, o exigente

Para a Cimeira União Europeia/África, agendada para os dias 8 e 9 de Dezembro em Lisboa, o presidente da Líbia, coronel Muammar al-Kadhafi, não quer ficar num hotel e sim numa tenda especial.
Exige ainda a entrada em Lisboa de uma delegação de cerca de 200 pessoas (na sua maioria da segurança pessoal com as respectivas armas) e a a utilização de um carro blindado (Rádio Moçambique, noticiário das 16 horas).
Quando esteve em Maputo em 2003, Kadhafi protegia as mãos com um lenço quando era cumprimentado pelos habitantes da periferia da cidade.

6 comentários:

Anónimo disse...

Coitado os portuguêses! Mugabe, e depois este palhaço.

Carlos Serra disse...

Acrescentei a história do lenço usado em Maputo...

Unknown disse...

É o coronel Kadhafi é extremante exigente que gostaria de poder acompanhar uma viagem dele para o país de Bush. De certa forma Kadhafi é um Bush africano mas com as suas qualidades. Se não me engano ele teve a brilhante ideia de criar os "Estados Unidos de África"...já imaginaram que seria o presidente!! Jorge Bush(EUA), Mohammed bin Rashid Al Maktoum(EAU-Dubai) e Mouammar Kadhafi(Libia),não quiram por estes três "galos" na mesma capoeira...

Anónimo disse...

Caprichos, cada um tem os seus! Mas o coronel exagera....

Unknown disse...

do meu ponto de vista o coronel tem algo muito forte que impulciona as suas exigências:o poder social, o poder econômico, o poder militar, o poder político que lhe dá capacidade de impor algo sem deixar meios alternativos para ser contrariado. E por consciedência os três "galos" que mencionei, reunem estas condições...

Anónimo disse...

A idade não perdoa...
o tempo leva a sensatés dos mais sensatos.....

nelsonleve