02 outubro 2006

Mais dois linchamentos na madrugada de ontem


Mais dois cidadãos não identificados foram linchados e queimados na madrugada de ontem na periferia da cidade de Maputo, quarteirão 7 do Bairro das Mahotas , acusados de serem ladrões. Segundo o “Notícias” de hoje (02/10/06), uma brigada da Polícia de Investigação Criminal chegou ao local "por volta das 11 horas, mas mesmo assim pouco fez, porque não tinha viatura”.
O mal-estar social é grande e aumenta dia após dia. As noites nos bairros populares tornaram-se pesadelos e há o risco de cidadãos inocentes serem acusados de ladrões caso circulem a altas horas da noite e se confrontem com os grupos de vigilantes populares ou com a polícia comunitária.
A foto, do “Notícias", mostra, em primeiro plano, os dois corpos carbonizados.
______________________
Chamo a vossa atenção para as várias entradas deste diário que versam sobre linchamentos.

5 comentários:

Anónimo disse...

Porque nao vai o professor investigar isso como tem feito com outros temas e traz aqui para nos os resultados?
Jonas

Carlos Serra disse...

Se for convidado, investigo.

Anónimo disse...

Um horror tudo isto.
JM

Wetela disse...

O que leva as pessoas a tomarem essa atitude de linchamento? Será que a polícia não está a fazer o seu trabalho? Será que a polícia comunitária não está a fazer a vigilância? O jonas propõe uma investigação sobre o caso...é um ponto de partida,acredito que podemos nós sob a orientação do professor elaborar um trabalho sobre o caso...

Carlos Serra disse...

Wetela: podíamos e podemos sim. O problema principal não consiste, por hipótese, em partir da polícia para os linchadores, mas dos linchadores para a polícia. A pergunta fundamental é, por hipótese, a seguinte: o que leva pessoas a linchar colectivamente outrem? Essa pergunta leva a uma segunda, a saber: quais as causas de tanta criminalidade aparente? Estas perguntas naturalmente não excluem as que podemos e devemos fazer sobre a polícia.Por exemplo: qual a real actuação da polícia comunitária? Etc.