08 outubro 2006

Fogo que devora Sofala, dinheiro queimado e ordens dos espíritos


O fogo devasta vários distritos nas província de Sofala há cerca de 15 dias, com estragos dramáticos, não existindo meios adequados para combate aos incêndios florestais. Por exemplo, o fogo destruiu já dinheiro que os camponeses têm por hábito guardar em casa. De acordo com Maria Augusta, chefe dos Serviços Provinciais de Florestas e Fauna Bravia, as queimadas têm a ver com mentalidade campesina: "Temos pessoas que dizem que estão a cumprir ordens dos espíritos, que lhes mandam queimar. São questões que não estão ligadas à ciência como tal. São aspectos sociológicos que temos de continuar a investigar, mas asseguro-lhe que não é falta de sensibilização" ("Domingo" de hoje, o8/10/06, p. 3.)

2 comentários:

tina disse...

Infelizmente a tradição fala mais alto e vezes sem conta vamo-nos afogando na nossa ignorância, deixando que ideias invísíveis tomem conta das nossas vidas.

Carlos Serra disse...

Deves ter razão, Tina. Mas, olha: aquilo que para nos é ignorância, para outros é sapiência. Assim foram educados e é a racionalidade disso que temos de entender. Entretanto, fico feliz por saber que, em pleno estudo da blogosfera em Moçambique na nossa turma de Metodologia de Investigação, tu abriste um blog pessoal. Não páres nunca.Abri um elo para ti no meu blog.