04 outubro 2006

Dlakhama e a memória da guerra

Hoje, 4 de Outubro, assinala-se o 14º aniversário dos acordos de Roma, entre a Frelimo e a Renamo, após uma guerra civil cruel que durou 16 anos. Mas justamente hoje, em intervenção pública reproduzida pela Rádio Moçambique no jornal das 19.30, o Sr. Afonso Dlakhama, presidente da Renamo, referindo-se à pressão dos seus generais, não excluiu o regresso à guerra se a Frelimo "não recuar" (sic).

9 comentários:

Anónimo disse...

Uma tristeza.

Wetela disse...

Esse pronunciamento do líder da RENAMO não me surpreende de forma alguma, pois em tempos já houveram pronunciamentos mais ameaçadores principalemente nas vésperas de eleição. Comentários típicos de uma oposição moçambicana até certo ponto enfrequecida em termos de poder. O lider da RENAMO usa-os apenas como um instumento de intimidação ou forma de autoafirmação do seu poder como líder.

Carlos Serra disse...

A posição de Dlakhama precisa de ser estudada, profundamente estudada. Até que ponto ela é uma posição individual? Até que ponto ela expressa também a posição global da Renamo? Por que razão a afirmação é feita estando nós ainda relativamente distantes dos pleitos eleitorais a começar no próximo ano? Qual a sua relação com a crise que é suposta existir na Renamo? Qual o peso da ala militar e/ou para-militar no partido? Qual a popularidade que a Renamo tem hoje? Estará Dlakhama a anunciar desde já uma estratégia política de desgaste visando ganhos pré-eleitorais? Se sim, de que tipo é essa estratégia? Etc. É sempre possível multiplicar as perguntas de partida.

Anónimo disse...

Se calhar faltam mais perguntas...Que reais desgastes o adversário tem praticado sobre essa gente? Se calhar assim ficaríamos menos ao sabor da história dos maus e bons.

Carlos Serra disse...

Nao exclui esse tipo de perguntas. Releia o meu comentario.

Anónimo disse...

I was looking out for World Wide Travel related information and I have found your this post. Sorry, I have seen that isn't a perfect match. But, anyway, I am glad I have stopped by even though this isn�t a perfect match. What you have in your content is very interesting for most people.

Spirit disse...

I know several other readers that will love this blog. Hey man you have a really insane blog here. Perhaps you will find my blog about Family Travel interesting.

Wetela disse...

"Os Políticos consideram poder como a capacidade de impor sem alternativa para a desobediência" anonimo

Carlos Serra disse...

Se um dia puder, leia Jasay, Anthony de, "L´État, la logique du pouvoir politique". Paris: Les Belles Lettres, 1985.