27 maio 2008

Linchado na Munhava/Beira (33ª vítima a nível nacional)

"Beira (O Autarca) – Populares no Bairro da Munhava, arredores da Cidade da Beira, lincharam na madrugada do último domingo mais um indivíduo identificado na zona como sendo o responsável de uma quadrilha de malfeitores que actua naquela área. Trata-se de Simão, que foi surpreendido por um grupo de populares enquanto tentava assaltar um jovem identificado por Zeca, empregado da BP, residente nas proximidades da Rua Kruss Gomes, a escassos metros do Hospital da Munhava. O grupo de populares que era em número considerável vinha de socorrer uma jovem que acabava de ser assistida no Hospital da Munhava depois de ter sido vítima de agressão física na mesma noite juntamente com um companheiro, o qual contraiu ferimentos graves e foi imediatamente transferido para o Hospital Central da Beira." (obrigado ao Egídio Vaz pelo envio do jornal O Autarca de hoje via email).
Com esta nova vítima, eleva-se para 33 o número de linchados este ano no país em zona urbana e péri-urbana, nos casos publicamente reportados - leia a minha última postagem aqui -, a saber: doze em Chimoio, dez na Beira, oito em Maputo, dois no Dondo e um em Vandúzi.
Observação: a minha ausência no Brasil por cerca de um mês pode ter feito com que eu desconheça outros casos. Se o leitor deles souber, por favor informe-me. Obrigado.

4 comentários:

Leonardo Vieira disse...

Boa tarde Dr. Foi noticiado oela STV um linchamento num bairro periferico cujo o nome nao me ocorre de momento. Mas se bem me lembro tinha alegadamente furtado um DVD e outros electrodomesticos.

Carlos Serra disse...

Julgo que esse reportei, recebi a informação no Brasil de um jornalista. Muito obrigado.

V.I disse...

Professor,

O Diario Independente de hoje (27 Maio) fala de "mais um linchamento, reportado Quarta-feira ultima, nos arredores da cidade de Maputo"... De facto isto aparece enquadrado na noticia que da conta da preocupacao da ministra Benvinda Levi,e sobre a necessidade de levar as pessoas envolvidos nos actos de linchamento a tribunal.

Pelos vistos parece que se descobriu a solucao pros linchamentos esta em julgar, como disse alguem, "o crime cometido pelo povo") . Mas ao que me parece, os linchamentos so' terminarao quando o "povo" sentir firmeza das accoes das autoridades.

V.I.

Carlos Serra disse...

Vou já tentar obter o jornal. Muito obrigado.