O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2018 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

18 agosto 2006

Tribos, sub-tribos, etc.

História, sociologia, antropologia, etc. Tribos que protegem ciosamente os seus territórios de caça, os seus campos agrícolas, os rios pelos quais fazem escoar os seus produtos cognitivos. Cada uma com os seus totems, os seus ritos iniciáticos, as suas escolas, os seus heróis epónimos, as suas pinturas de guerra. As guerras entre as tribos. Mas, afinal, a coisa é bem mais complexa, a turbulência reina em cada tribo, a cissiparidade pulula, os fractais abundam: história económica, história política, história das ideias, etc.; sociologia rural, sociologia dos transportes, sociologia..., etc.; antropologia económica, antropologia política, etc., etc.
Etc.

1 Comments:

Blogger Su said...

Quanto a mim tudo depende do tamanho da tribo, quanto maior esta for, maior será o seu sentido cívico, e quanto mais esta evolua, mais terá necessidade de apurar o seu sentido cívico… e depois, vem-me a cabeça, a irremediável questão, o q acontece numa civilização “feita” obrigatoriamente por varias e diferentes tribos?

Continuo no entanto com esta ideia, que a maior pobreza de um povo é a sua ignorância, claro que está que se continuasse-mos a conversar iríamos ter com certeza ao sentido e necessidade cívica…

E lembro-me da ideia que tenho de tribo, o Rei e a sua plebe, que para mim tem uma defenição muito proxima de escravatura, homem submisso(?)...

As vezes lá me vem uma vontade alucinada de começar a disparar comentários “politicos" tribalistas(?), mas depois, de repente calo-me, sou demasiado frontal e transparente para ser politica.

20/8/06 6:29 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home