28 outubro 2010

Fumos sem filtro a partir de segunda-feira

De acordo com o "Canal de Moçambique" online de hoje, a multinacional Mozal inicia próxima segunda-feira, 1 de Novembro (por 137 dias), a libertação de fumos sem filtro, com aprovação governamental e desaprovação dos ambientalistas. Aqui e aqui.

7 comentários:

umBhalane disse...

“Numa altura em que se fala tanto das mudanças climáticas, não podemos desrespeitar questões ambientais”, disse o ministro da frelimo.

Esqueceram.

$€£...

Anónimo disse...

Pois...

Os estudos de viabilidade e de impacto ambiental só são importantes para hostilizar o Malawi...

Quanto ao resto... vejam por exemplo o porto que os chineses vão financiar em Dobela... já está decidido! Numa zona protegida pela UNESCO!

Abdul Karim disse...

UmBhalane,

Com tanta crise, problemas de vandalos e criminosos, pobres a reclamarem, baroes a chorarem, nao da tempo pra fazer tudo,

Agora sao esses ambientalistas a reclamarem, nao param de reclamar, ate aprece o ar 'e deles, 'e deles ? Mocambique tem governo e quem nao gosta vai pro guine bissau ! todos os residentes de Matola e Maputo podem ir pra guine bissau, nos acordos da CPLP nem vao precisar de vistos.

Mola 'e mola, mola 'e o que interessa , o resto nao tem pressa.

Chacate Joaquim disse...

Abdul Karim,

Classificado...

V. Dias disse...

Eles têm máscaras de oxigénio em suas casas, por isso entendem, à luz da razão deles, que devem proliferar o ambiente, eis o futuro melhor. O povo é que escolheu, o povo é que tem de suportar esta Frelimo.

Zicomo

ricardo disse...

Ora la esta, aqui os estudos de viabilidade servem para outra coisa mais higienica...Bem, esta noticia e coincidente com o ANUNCIO do condominio DJUBA que vende chales a 90 e 280 mil dolares mesminho ao lado da Mozal!

Isto e que se chama empreendedorismo.

ricardo disse...

"Quanto ao resto... vejam por exemplo o porto que os chineses vão financiar em Dobela... já está decidido! Numa zona protegida pela UNESCO!"

Estou com a sensacao que ja somos uma colonia de PEQUIM!

Foi rapido.