28 abril 2009

Limpeza presidencial

Narrando a visita do presidente Armando Guebuza à província do Niassa, a jornalista Suizane Rafael do semanário "Magazine Independente" desta semana dedicou muito espaço, quatro colunas, com o entretítulo em epígrafe, a descrever como edifícios foram pintados, buracos tapados, estradas terraplanadas e lixo recolhido em Lichinga e Cuamba porque o presidente vinha visitar a província. Parágrafo final da peça: "Muitos residentes de Lichinga acham que os dirigentes só trabalham quando há uma visita presidencial, enquanto que ao resto do tempo passam folgados"(p. 22).
Comentário: pena os presidentes não chegarem de surpresa e cedo - cerca das 7:00 da manhã - , começando logo as visitas tsunami de trabalho, com itinerários por si escolhidos.

16 comentários:

Anónimo disse...

acho que o presidente nao tem culpa.
quando ele esta pra ir, avisa, arumam tudo, ele ve, esta tudo bem, todos felizes a sorrirem, entao esta tudo bem, quando ele sai dali, vendem-lhe.
nao tem culpa! nao pode ele andar toda hora nos distritos! vendem ele no distrito, no mercado, no ministerio, ele nao tem culpa!
ele tem outros business para cuidar! nao pode ser so FRELIMO e MOCAMBIQUE toda hora! ele nao tem culpa!estao lhe a vender!

Zé Paulo disse...

Talvez havendo quem bem represente o Presidente e andem estes pelas provincias a ver o que fazem...
Mas melhor do que isso é não votarem novamente nas próximas eleições nestes "folgados" que lembram-se de trabalhar quando das visitas programadas do presidente...do partido ou do País?!...
Eu, cá de longe, onde vejo coisas muito parecidas acontecerem.

Zé Paulo

Carlos Serra disse...

José Paulo: vc é filho do Gouvêa Lemos, que foi nosso director no "Notícias da Beira" (sobre o "nosso": Carneiro Gonçalves, Heliodoro Baptista, Caetano de Sousa, outros e eu)nos anos 70? Perdoe-me a pergunta.

Anónimo disse...

Bela imagem!

Que outro comportamento poderiamos esperar: VIVEMOS DE APARÊNCIAS!!

Zé Paulo disse...

Carlos Serra,
Sim, sou o filho mais novo do vosso colega do "NB".
Não há porque pedir desculpas.
Um dia destes mando-lhe para o seu e.mail, para que recorde o seu estilo de escrita, uma crónica do GL com o título: "Cartas Anônimas". Até parece que naquele tempo já havia internet! :)
Zé Paulo

Nelson disse...

Fico me perguntando se essas visitas nao tem o seu papel na leitura que o PR faz acerca do estado da nacao. Me pergunto porque o PR no fim do dia nao devia dizer que o " estado da nacao esta nice".

Anónimo disse...

Fora de contexto ,mais gostaria de ter resposta sobre este assunto .estou numa empresa de venda e reparacao de automovel ,aonde ficamos quando ao salario minimo ,nos servicos financeiros ou nao financeiros .internamente ja esta havendo um conflito entre empregados e empregador

Domingos Simbine disse...

Eu sabia que alguém iria abordar este assunto. O que Suizane escreveu é a mais pura verdade. Em 2006 escrevi um artigo similar no Diario da Zambézia e hoje a historia se repete. No meu artigo eu questionava, o facto de as cidades e vilas andarem com estradas cheios de buracos, jardins abandonados, enfim, tudo de pés para o ar, com a justificação de que não há dinheiro. Mas quando vem o presidente, tudo fica arrumado para impressioná-lo. E dizia mais, se as estradas andam esburacadas porque não há dinheiro, sejam mantidas assim para que o presidente veja que não há recursos para fazer as coisas. Não vamos inventar coisas só para impressiona-lo. A estrada Nampula - Angoche anda super esburacada e praticamente intransitável, há tempos. Agora que o presidente vem ai, caterpillares, buldoses e todo um arcenal de maquinária e meios humanos foram mobilizados para terraplanar a estrada. Ó Céus!

Carlos Serra disse...

Seria interessante que o texto pudesse ser lido pelo presidente. Seria bem interessante saber como são organizadas as rotas, que tipo de contactos há, previamente, entre a presidência e os governos provinciais, etc. Este fenómeno é importante, pois podemos estendê-lo para os seminários, a leitura dos relatórios dos governos provinciais, etc.

Anónimo disse...

Espero bem que o mesmo aconteça na Cidade de Nampula.
Acho que a quantidade de buracos e lixo espalhados nesta urbe, nem a visita de Obama conseguiria minimizar.

Juvenal

Anónimo disse...

Será que o Presidente não sabe que anda a ser enganado? custa a crer. Bastas vezes nos referimos ao salutar papel dos media, blogs inclusive na chamada de atenção ao que não vai bem no pais.
Ora um presidente para governar, precisa de informação como o peixe da agua. Posso acreditar que os seus mais directos colaboradores lhe dêem uma imagem cor de rosa do pais- mas o líder não se deve deixar embebedar pelas historias bonitas que lhe contam. As pinturas , tapamento de buracos, reparação de estradas, etc que acontecem nas vésperas das visitas predenciais já ocorrem desde a era Chissano, embora nesta governação me pareça haver mais encenação e um piscar de olhos ao culto de personalidade. O presidente deve agir duro contra o governador que lhe engana com medidas cósmeticas, senão nós o povo iremos pensar que é tudo encenação e eu , francamente , não quero ser governado por artistas de circo.

Reflectindo disse...

Há sensivelmente Ivo Garrido estava em Niassa e viu que apesar da limpeza ministerial não se tinha conseguido esconder a vergonha. Garrido censurou este facto e disse que sabia que houve uma limpeza ministerial poucos dias antes de ele chegar. Assim ele ficou imaginando o que eram os hospitais antes da limpeza ministerial.

Boa proposta do Domingos Simbine acho interessante, pois se o problema fosse de dinheiro, tudo se deixaria para que o Presidente da República que é acompanhado pelos ministros visse a consequência.

Porém, que há uma cadeia de artistas, encenadores. O administrador quer enganar o governador, o governador quer enganar o PR e será que o próprio Presidente da República não quer enganar o Povo que tudo está bonito? Acho que o mais culpado é o povo que tudo vê, se deixa enganar e não sanciona.

Anónimo disse...

concordo com o refletindo. somos culpados por ficarmos calados.
quem cala, consente. diz o velho ditado.

Nunoamorim disse...

Domingos Simbine disse:
“A estrada Nampula - Angoche anda super esburacada e praticamente intransitável, há tempos.”

Epáh, epáh,
Vamos la falar a verdade. É verdade que andam a tapar buracos e limpar lixo sempre que o PR visita um local, mas dizer que o troço Nampula-Angoche está super esburacado é faltar com a verdade.
O troço Nametil-Angoche está acima da média.

Nos mes passado fiz este troço de quase 200 km em 2h e 30min. Em função do tempo feito, cada um retire a sua conclusão.

Orgulhosamente Moçambicano
Nuno Amorim

Nunoamorim disse...

Se calhar o Domingos quis falar do troço Nampula-Moma. Ai concordaria consigo. Os buracos no troço Nampula-Angoche, pricipalmente na meia parte Nametil-Angoche, ficaram para o passado.

Nuno Amorim

Anónimo disse...

Com certeza que o Guebas sabe. Meses antes várias equipes incluindo seus conselheiros pessoais visitam os locais, fazem relatórios e deixam recomendaçöes como tapar buracos, pintar as casas, etc. E o presidente decerto tem acesso aos relatórios.