O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2016 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts
<div style="background-color: none transparent;"><a href="http://www.rsspump.com/?web_widget/rss_ticker/news_widget" title="News Widget">News Widget</a></div>

24 novembro 2016

Quilambo e Ferrão: Reitores da UEM e da UP

O Prof. Orlando Quilambo [foto à esquerda] foi reconduzido ao cargo de Reitor da Universidade Eduardo Mondlane. Por sua vez, o Prof. Jorge Ferrão [foto à direita] é o novo Reitor da Universidade Pedagógica, deixando por isso de ser Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano. Ambos foram nomeados por despachos presidenciais. - jornal da noite das 19:30 da "Rádio Moçambique" [também aqui] e "Agência de Informação de Moçambique" aqui.
Muitos parabéns a ambos.
Adenda às 20:32: há várias hipóteses a ter em conta no tocante ao novo Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano. Por exemplo: o actual vice-ministro, Professor Armindo Ngunga, linguista; o ex-Reitor da UP, Prof. Rogério Uthui, físico nuclear; um doutorado eventualmente oriundo da UEM ou da UP, com formação em educação.
Adenda 2 às 09:03 de 25/11/2016: não tenho competência para opinar sobre a exoneração do Prof. Jorge Ferrão. Em todo o caso, defendo a sua competência e a sua idoneidade.
Adenda 3 às 14:43: Conceita Sortane é a nova ministra do MINEDEH. Aqui e aqui.

1 Comments:

Blogger nachingweya said...

Soluções sempre a medida da percepção oficial do nosso desenvolvimento humano , nem sempre função das nossas reais necessidades de desenvolvimento. O preço está no futuro tal como o preço de uma má fundação se paga através das paredes e do telhado.
Em minha opinião o Ministro cessante estava embaralhado com a verdade do sector e de paliativo em paliativo estava quase a entrar para o mato. Focalizou a sua atenção nos sintomas, não nas causas do mal.

25/11/16 6:18 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home