O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

28 abril 2009

O que é democracia? (1)


Tendes aí uma pergunta completamente dramática, não é? Uma parte de nós gravita em torno da democracia eleitoral, uma parte de nós talvez faça dela, dessa democracia eleitoral, a democracia em si. Por outro lado, aqui, na internet, encontramos montes de respostas salutares e digestivas à pergunta. No que me concerne, como não sei o que é democracia, tentarei responder-lhe, naturalmente que de forma muito pouco ortodoxa. Vão aguardando, pode ser? E, já agora, vão pensando na pergunta e na resposta do perverso cartoon em epígrafe, nos muitos ditadores e nas muitas ditaduras que nos fazem habitar desde que nascemos.
(continua)

4 Comments:

Blogger umBhalane said...

"Para manter o poder que a "libertação" nacional põe nas suas mãos a pequena burguesia só tem um caminho:

deixar agir livremente as suas tendências naturais de emburguesamento, permitir o desenvolvimento duma burguesia burocrática, e de intermediários do ciclo das mercadorias, transformar-se em pseudo-burguesia nacional,

isto é,

negar a revolução e enfeudar-se necessariamente ao capitalismo imperialista"

Amílcar Cabral

Nota: as aspas em "libertação" são minhas.

28/4/09 4:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

mantermo-nos no poder com a forca das armas, ainda que sem usa-las, e usa-las so quando o necessario,sendo necessario quando a escolha 'e qualquer outro que nao nos, que temos as armas.

28/4/09 8:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

> Nada mais real: "Democracia é a liberdade de elergermos os nossos próprios ditadores"

> Temos duas formas de Democracia:

(i) DEMOCRACIA REPRESENTATIVA (Parlamentar), aquela em que temos a liberdade de votar para a eleição dos "nossos próprios ditadores".

> Ao exercermos democraticamente o direito de eleger, ligitimamos a "ditadura" dos eleitos, ou seja: exercemos a democracia na escolha, mas nada nos garante que os escolhidos a venham a adoptar como método de trabalho.

(ii) DEMOCRACIA PARTICIPATIVA, aquela que exercemos através das diferentes organizações da sociedade civil, ou seja:

> Temos o direito de nos associarmos, de expressarmos nossos pontos de vista,... mas, a DEMOCRACIA DEPRESENTATIVA /Parlamentar, é livre de lhe dar ouvidos, ou não, no exercício das suas funções; em regra, ouve pouco!

> Estamos condenados a, DEMOCRATICAMENTE, continuarmos a passar cheques em branco aos que elegemos. Damos-lhes o PODER de legislar, regulamentar, executar e fiscalizar.... resta-nos, de quatro em quatro anos, tentarmos corrigir a pontaria, "acertando" noutros.

> Precisamos de um maior diálogo entre a Democracia Representativa /Parlamentar e Participativa /sociedade civil ..., mas as tentações de quem chega ao Poder dificultam o diálogo.

AM

28/4/09 8:52 da tarde  
Blogger Carlos Serra said...

Muito obrigado pelas contribuições. Bem, tentarei produzir algumas modestas ideias nesta série, certamente sem interesse.

28/4/09 8:57 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home