O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

26 abril 2009

Hi5: nova vereda política no país

Ao fazer a minha habitual ronda pelos portais dos partidos políticos do país, verifiquei que o presidente do Movimento Democrático de Moçambique, Deviz Simango, figura agora no Hi5, em local bem frequentado e comentado. Este é um outro passo na modernidade política digital do nosso país. Confira aqui.

14 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Professor,

Esta bonito.

Esta ficar muito bonito.

Daviz surpreende pela positiva.

Daviz traz desenvolvimento.

Novo Pensamento.

Novas possibelidades.

Abre Horizontes.

Mocambique volta a viver a esperanca.

O jovem Mocambicano vai votar.

O jovem Mocambicano vai liderar.

MZ

26/4/09 10:21 da tarde  
Blogger Reflectindo said...

Segundo a minha impressão, Daviz é um líder moderno e esperanca da juventude. Há muito que ouvia da sua simplicidade, do seu espírito comunicativo e a sua atencão ao seu interlocutor o que provei pessoalmente quando me encontrei com ele.

Não estou a dizer isto porque Daviz é o meu líder, mas pq é a minha constatacão. Basta lhe ver como ele enverga o fato macaco e botas para ir trabalhar com o povo. Espero que Deus lhe abencoe e assim ele continue. Este espírito pode abrir possibilidades de valorizacão dos jovens mesmo nos outros partidos.

A juventude mocambicana precisa de líderes abertos e modernos que dominam a TIC.

26/4/09 11:31 da tarde  
Anonymous Kanyoza said...

Carissimos,

Se nao podemos questionar a capacidade tecnico-profissional, competencia politica do Daviz, devemo-nos dar um pouco ao senso critico pelo menos. Porque?

1. Somos poucos na internet e nosso voto nao fara diferenca significativa. Ha 3 semanas estive no Maputo e fiquei atento para ver que distrito Daviz foi, que intervencao publica de iniciativa dele surgiu. Fiquei triste...embora a TVM tenha concedido 2 ou 3 vezes espaco a MDM.

2. O tempo marcha contra ele para as proximas eleicoes...me parece estar a contentar-se com o pouco e que esteja ja convencido que Guebuza vai ganhar as eleicoes;

3. Ja opinei nesse blog que enquanto Daviz, esperar pelos jornalistas ou orgaos de comunicacao para ele dizer alguma coisa sobre suas ideias, visao (de Carvalho ja ouvimos bastante), Daviz deve esquecer de viva politica activa em Mocambique;

4. Fale-se mal de Guebuza, mas o homem, sabe fazer politica. Como secretario geral em 2003, passou maior tempo a trabalhar nos distritos e nao a contentar-se ser "escovado" na internet. E comunicacao moderna sim, mas em politica nao tem nada de moderno. Realismo impera sobre idealismo politico.

Para terminar, mesmo em Maputo os mais eruditos nao usam internet...claro que tem laptops em casa e 50 canais de DSTV, mas acompanhar nossos debates na net, que e caro em Mocambique, ahhhhh...isso nao e para todos. Penso que estamos em parte a distrair Daviz desviando-o das prioridades do jogo politico em Mocambique. Houve na historia de humanidade um Bismarck, um Karl Marx, um Samora Machel, um Obama...inspirado por esses ou nao...a historia nao se repete

27/4/09 7:53 da manhã  
Anonymous Kanyoza said...

Campatriotas,

A febre suina que comecou e foi detectada no Mexico ja afectou Texas, California, Madrid ha registo de alguns casos, na Inglaterra, todos os viajantes provenientes do Mexico sao isolados e postos em quarentena. Ha sinais de movimentacao "estrategica em Mocambique/ Maputo" sobre o assunto? EUA declarou ontem "emergencia publica" sobre a febre suina.

27/4/09 8:11 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Concordo com o Sr Kanyosa. Para secundar a sua posição podem ver ainda a analise que foi feita no Canal de Moçambique de hoje sobre o fraco desempenho do COPE nas eleições sul africanas. Quem sabe o Daviz poderia tirar algumas lições. Sem querer ofender, as eleições não se ganham fora, não se ganham com os intelectuais. Ganham-se com o povo e nos lugares onde muitas vezes nós que temos acesso a todas estas tecnologias não queremos ou temos medo de ir...
Por isso Daviz... Aos mercados, aos distritos, aos tranportes publicos e... a partir de já. Que mesmo assim... não sei se não é tarde...

Um abraço e boa sorte!

27/4/09 8:31 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Concordo com o Sr Kanyosa. Para secundar a sua posição podem ver ainda a analise que foi feita no Canal de Moçambique de hoje sobre o fraco desempenho do COPE nas eleições sul africanas. Quem sabe o Daviz poderia tirar algumas lições. Sem querer ofender, as eleições não se ganham fora, não se ganham com os intelectuais. Ganham-se com o povo e nos lugares onde muitas vezes nós que temos acesso a todas estas tecnologias não queremos ou temos medo de ir...
Por isso Daviz... Aos mercados, aos distritos, aos tranportes publicos e... a partir de já e depressa que o tempo não espera. Que mesmo assim... não sei se não é tarde...

Um abraço e boa sorte!

27/4/09 8:32 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Caro Kanyoza,

Concordo consigo relativamente ao trabalho de comunicacao que o MDM devera fazer.

Concordo tambem o facto de o tempo correr contra Daviz.

No entanto, acredito que a TVM e a RM tem estado a jogar no Bloqueio. Visto terem ja demonstrado tendencia e atalvez ate certeza PRO-FRELIMO.

No que se refere ao realismo, esse hade vir, esta-se a trabalhar. esta-se a semear intensivamente de forma a colher ainda na proxima estacao chuvosa, que se espera a 28 de Outubro.

Quanto ao trabalho de GUEBUZA, nos distritos como secretario geral da FRELIMO ou como Presidente da Republica, acho que os resultados falam por si. a POBREZA CRESCEU. e isso 'e resultado. 'e o que interessa.

as TIC como diz o refletindo, sao vantagem competitiva no mundo moderno, e o dominio das TIC poderao efectivamente lancar Mocambique rumo ao tao almejado desenvolvimento.

quanto aos MIDEA Nacionais, Acredito que nao vao deixar de aproveitar a opurtunidade para manifestar a sua contribuicao para um Mocambique Melhor Para Todos.

'e conviccao minha que temos Midea para construir, e ainda que com algum "aperto" e "imposicao" do partido no poder, ela(A MIDEA) sabera na devida altura jogar o seu papel decisivo na construcao dum Mocambique Novo.Sabera que nao se vence a POBREZA encobrindo e apoiando Roubos,Contrabando, assassinatos e corrupcao. por outro lado, tambem sabera manifestar a sua disponibelidade em expor talentos sem que tenham como criterio Cores Partidarias.

27/4/09 9:14 da manhã  
Anonymous Kanyoza said...

Carissimos,

Nos tentamos no que podemos contribuir atraves desse espaco. Creio que Daviz tem lido isso, como moderno comunicador. Penso que pragmatismo politico e mais necessario que a retorica de que estamos a serear e que vamos colher em Outubro.

Esta tudo isso bem dito, mas nem todo o semeador que sai a semear colhe. Jesus Cristo, na Biblia ja advertia as pessoas sobre isso que sementes podem cair na pedra, terra seca ou nao fertil. E acrescento, as cheias podem arrastar as sementes; perdizes podem comer as sementes, camponeses desanimados pela seca prolongada da Frel podem nao lancar tal semente da MDM a espera das primeiras chuvas de Daviz (nao e assim la nas nossas aldeias?; tambem camponeses saciados da macaroca podem ficar a dancar em volta do batuque e nao ir semear (Mocambicano gosta de dancar, Daviz nao sabe disso?). Pensemos sim como modernos, mas nao nos dissociemos da nossa realidade (xadrez politico Mocambicano).

Sejamos coerentes para amanha nao reclamarmos fraudes, corrupcao, e por ai fora. Zuma, o poligamo, o zulu, ganhou e vide que a oposicao e que tentou fazer a fraude (diz a ma lingua dos media do pais vizinho).

27/4/09 12:32 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Vamos aceitar que Daviz não aparece mais pelo facto de estar a ser bloqueado pelos órgãos de informação públicos. Porquê então não aparece na stv, no jornal país, no savana e no vertical? Porque é que as suas acções não aparecem no Zambeze e no canal de moçambique que até o apoiam ostensivamente?

Cuidado esse vosso Partido se converter num Partido de justificaçõe (e não de realizações) como os outros.

Fomos informados há duas semanas atrás k Daviz iria a Machaze. Porque é que as pessoas que nos comunicaram que iri não nos trouxeram a celebração das suas acções lá? Porque não nos mostraram como foi apoteoticamente recebido pelas populações?

Viriato Tembe

27/4/09 3:54 da tarde  
Blogger Nelson said...

Aquem essa informacao interessar. Deviz Simango esteve nesse fim de semana na recondida localidade de Metuxira no distrito de Nhamatanda.

27/4/09 4:23 da tarde  
Blogger Reflectindo said...

Caros amigos

O mundo ralha de tudo, diz um ditado. Reparem que se Daviz aparece com multidão, dizem eles que ele está sendo venerado, ele trabalha sozinho. Se ele não aparece nas fotos, ele não está a trabalhar; se uma brigada do MDM trabalha em Xai-Xai, os seus apoiantes eram frustrados como se fizermos contas os mocambicanos "frustrados" não constituissem a maioria.

Ainda bem Nelson quando dizes isso onde Daviz trabalhou.

Acho que o importante é que haja muito trabalho, um trabalho de cada "frustrado" como alguns costumam dizer aqui e não apenas de Daviz. Uma outra questão importante é que o MDM desenhe e tenha uma estratégia de um partido que não está no poder. A estratégia pode, mesmo assim ser efectiva. A efectividade depende do trabalho que cada um faz.

Armando Guebuza, ainda como apenas secretário-geral e indicado pela Frelimo como candidato, já tinha imagens em algumas instituições públicas, em Nampula por exemplo, mas isso nunca vai ser com o Daviz – lembrem-se do que aconteceu a um aluno na Escola Samora Machel da Beira. Quando Armando Guebuza fosse ao distrito, os funcionários públicos tinham que ir para ele. A população tinha que correr para lá. É APENAS UMA FORMA DE JUSTIFICAR?

Kanyoza parece dizer algo e fez-me entender que não está por agora em Mocambique ou na capital. Pode não saber que Daviz andou nos distritos desde o fim da semana passada até quarta-feira finda. É com razão. Mas alguns aqui, os informados, não sei por quem, que sabem perfeitamente e controlam as movintacões de Daviz e os membros do MDM nada dizem. Não falam do trabalho do MDM em Xai-Xai nem com os estudantes do ensino superior.

Falando sobre o timing para a mobilização de eleitores, acho que a tua preocupação, caro Kanyoza, é legítima. Eu também gostaria de ver Daviz, por todo o lado onde ele passasse, como foi na Beira a partir de 28 de Agosto. Mass tenhamos em conta que mesmo assim não convencia aos seus opositores até que a 19 de Novembro foi à prova. Na verdade dizendo, eu gostaria que cada membro do MDM andasse nervoso e todo o momento julgasse a sua acção para uma melhor prestação. O campo é fértil como escreveu Fernando Lima, o importante é trabalho.

Será que a informática é importante? Primeiro, concordo com o ponto de vista do Kanyoza que não é garantia. Em Moçambique são poucos os que têm acesso a internet, mas eu posso dizer sem medo de cometer erros, que mesmo nos países desenvolvimentos com a maioria com acesso a internet, não é também essa maioria que vai buscar assuntos políticos na net. Os interesses pela net são muito variados.

Em Moçambique, muitos dos que têm acesso a internet é do serviço, mas quase que estou convencido que essa maioria mais usa para chat que para pelo menos buscar uma receita. Por outro lado a minha constatação é de que mesmo a leitura de jornais é muito fraca em Moçambique. Muitas vezes me preocupo quando noto que episódios que eu tenha lido no jornal, há compatriotas (que deviam ser os melhores informados) que mostram não conhecê-los.

Contudo, defendo que é esta área que temos que desenvolver em Moçambique e é possível desde que haja uma política para tal. Nas escolas por exemplo, pode-se desenvolver jogos sobre actualidade nacional e internacional. Mas não é sobre de que estamos a falar.

Acredito que nenhum do MDM esteja sentado apenas num gabinete para escrever para o portal do partido. Se notarmos e quero acreditar isso, o portal, os blogs, o hi5, o msn são apenas meios para contactos entre os membros, simpatizantes do MDM e até mesmo como local onde qualquer pessoa pode colocar suas opiniões, sugestões e críticas ao MDM. Se for-se ao portal deste partido, vai-se notar isto que estou aqui a dizer.

A título de exemplo são estas opiniões e sugestões de Kanyoza e outros comentadores de BOA FÉ que passam por este blog. Garanto a todos que se Daviz próprio não ler o que se escreve aqui e nos outros blogs, pessoas muito próximas lêem e o comunicam. Essa é uma outra vantagem. Aliás note-se que ele está a interagir com os quase 400 amigos no hi5.

Eu acredito que os amigos, os membros no portal do MDM podem jogar e jogam um papel muito importante. A minha experiência é essa. A partir de fóruns de debate consegui ou consigo criar uma rede, interargir com compatriotas, (re)encontrar até conterrâneos espalhados no mundo. Também surpreende-me o facto de usando as possibilidades criadas pelo TIC, aí inclue-se telemóveis para chamadas ou sms conseguir falar com amigos mesmos estando em zonas recônditas.

P.S. Em Moçambique, multidão pode iludir também.

27/4/09 7:57 da tarde  
Blogger Voz da Revolucao said...

Que eu saiba a FRELIMO está em alta com as tecnologias de informação e comunicação. Quem não acredita vai ao website da FRELIMO www.frelimo.org.mz e verá a dinâmica que a FRELIMO tem na web. Além disso e das listas de distribuição de newsletters do partido ha blogs como o www.vozdarevolucao.blogspot.com criados para reforçar a acção da FRELIMO.

Diferentemente da Renamo ou do MDM a FRELIMO no Hi5 tem uma comunidade virtual com mais de 400 membros inscritos http://www.hi5.com/friend/group/1458831--PARTIDO%2BFRELIMO--front-html

Por isso é que a Força da Mudança é a FRELIMO.

Vozdarevolucao

28/4/09 4:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

afinal 'e forca da mudanca? forca do negocio? futuro melhor? mocambique para todos?

ahhh,... ja sei .... 'e tudo!

que tal?
FRELIMO 'E TUDO!
fica bem.

28/4/09 8:36 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

FRELIMO È TUDO! Fica bem, vamos adoptar. Obrigado pela sugestão.

Alfredo Langa - militante da FRELIMO

29/4/09 7:25 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home