O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2018 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

08 novembro 2015

O Estado é do DP? Do PSD? Do 中国ad共产党? Da Еди́ная Росси́я? Da Frelimo? [3]

"Toda e qualquer luta entre partidos visa não só um fim objectivo, mas ainda e acima de tudo o controlo sobre a distribuição de cargos." [Max Weber, aqui]
"O Estado é uma comunidade humana que pretende, com êxito, o monopólio do uso legítimo da força física dentro de um determinado território".[Max Weberaqui]
"To the victor belong the spoils" [William L. Marcy, aqui]
"Os nossos homens têm armas em todo o país", Rahil Khan da Renamo [Aqui]
 Terceiro número da série. Coloquei a segunda pergunta no número anterior: é o Estado uma mera extensão de cada um dos partidos mencionados? Independentemente das diferenças históricas, nacionais e partidárias, a resposta para esses e muitos outros casos é aparentemente ambígua, a saber: é e não é. É em que sentido? E não é em que sentido? Comecemos pela afirmativa. Na afirmativa, estamos perante o controlo político do Estado, estamos perante uma governação de impulso partidário que pode actuar de forma complexa a muitos níveis da administração pública, de forma directa ou indirecta, de frente ou disfarçadamente. O controlo político do Estado pode abrigar fenómenos como o spoils system americano, a patronagem e o clientelismo.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home