O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts
<div style="background-color: none transparent;"><a href="http://www.rsspump.com/?web_widget/rss_ticker/news_widget" title="News Widget">News Widget</a></div>

24 maio 2016

Armadilhas

É muito frequente encontrarmos pessoas de boa-fé a esgrimir posições do género: é preciso respeitar o outro. Por outras palavras, é necessário respeitar as diferenças. Porém, essas posturas estão cheias de armadilhas. Na verdade, seria preocupante defender-se que devem ser respeitadas as opiniões e os actos, entre outros, dos terroristas, dos assassinos, dos torcionários, dos genocidas, dos estupradores e dos racistas.

2 Comments:

Blogger nachingweya said...

O fim da pena de morte para criminosos dessa tipologia parece gritar esse argumento de que é preciso respeitar o outro, "entre outros, as opiniões e os actos dos terroristas, dos assassinos, dos torcionários, dos genocidas, dos estupradores e dos racistas."

24/5/16 10:45 da tarde  
Blogger Stefano Marmorato said...

Atenção a não confundir. A primeira razão para recusar a pena de morte é exactamente a necessidade de dizer NÃO à cultura da violência dos próprios criminosos. Não é possível chamar alguém de criminoso e ao mesmo tempo querer pena de morte para ele. Segundo, a diferença de penas como reclusão para crimes de tipo fraude ao estado ou parecidos, nunca a pena de morte em nenhum pais do mundo contribuiu a desencorajar o crime violento. Pelo contrário, normalmente aumentou - nos EUA por ex. é claramente encorajada MAIS violência porque deve-se eliminar qualquer risco de acabar na cadeia eléctrica. Terceiro e para mim tão importante quanto as outras razões, NUNCA há justiça perfeita e acabam sendo "executados" muitos inocentes e muitos pobres que nem tem direito a defesa (com advogados de borla que as vezes fazem pactos com a procuradoria sacrificando o acusado para dar uma victória fácil e receber em troca outros favores). Os ricos sabemos muito bem que nunca acabam mortos. Para mim basta um inocente morto injustamente para recusar de imediato a pena de morte. Ademais a facilidade com que os ricos saem e os pobres ficam presos deveria fazer entender que o nosso desejo de justiça NAO é de forma mais absoluta satisfeito com medidas desse tipo. Enfim, se gostam de sangue e vingança "random", tudo bem, mas não falem de justiça. Bom fim de semana

27/5/16 4:53 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home