O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

02 março 2016

Próxima semana/Entrada livre

Com complemento do seminário em epígrafe [siga na página do CEA no facebook aqui], o Professor Jacques Delpechin, convidado especial do Centro de Estudos Africanos, orientará nos dias 10 e 11 de Março um seminário com o seguinte programa:

TítuloPesquisando como libertar a escola de história africana de paradigmas resistentes à emancipação da humanidade

Dia 10 de Março (quinta-feira)
* É verdade que o estudo da história é só o estudo do passado?
* Por que tanta resistência a África, berço da Civilização?
* O percurso que me levou de Jan Vansina a Cheikh Anta Diop (por que levou tanto tempo?)
* Se a história de África fosse viva (uma planta?), o que deveria fazer-se para a manter viva e crescendo?
* Por que as ciências sociais (em geral), mesmo com mudanças, não conseguem livrar-se de paradigmas constrangedores? (p.ex. discussões entre Archie Mafeje e Kwesi Prah sobre largar ou transformar a antropologia?)
* Silêncios como factos: onde serão encontrados? Em que tipo de arquivos? Em que lugares?
* O impacto do iluminismo sobre como se tem abordado a história de África. A respeito de África há diferença entre Hegel e Marx? (Louis Sala-Molins: Le Code Noir)
Dia 11 de Março [sexta-feira)
* África/Humanidade no confronto com capitalismo, quem está a vencer?
* Como re-membrar os des-membrados?
* Como funcionaria a prescrição "Mudar o mundo sem tomar o poder" (John Holloway)?
* Por que "Os mais bonitos ainda não nasceram"? (Ayi Kwei Armah)?
* David Van Reybrouck: historiador ou artista de ficção? (Congo: Une Histoire)
* Cinema holliwoodiano e história: uma arma de dois gumes para a história de África.
* O que é mais importante: o que se diz ou o que se faz? (Alice Cherki: Portrait de Fanon; Lewis Gordon: What did Fanon say?; Aimé Césaire: Cahier d'un retour au pays natal)

Nota: Pode inscrever-se (envie um pequeno CV seu) através do seguinte endereço electrónico: cursometodologia2016@gmail.com
Para o efeito, poderá também contactar Jonas Mahumane, Gabinete 16 ou Hélio Maúngue, Gabinete 27, edifício do CEA.

1 Comments:

Blogger Sir Baba Sharubu said...

Aperta Moçambique !

2/3/16 6:38 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home