O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts
<div style="background-color: none transparent;"><a href="http://www.rsspump.com/?web_widget/rss_ticker/news_widget" title="News Widget">News Widget</a></div>

19 janeiro 2017

Sobre o peso político na seleção das figuras do ano [4]

Terceiro número aqui. Figuras do ano são heróis e heroínas escolhidos em função de determinados critérios. Heróis e heroínas são seres que, com o tempo, unificámos psicológica e socialmente numa matriz comportamental única e virtuosa, da qual eliminámos os defeitos e, até, as qualidades humanas comezinhas. Mas mais: em quem, muitas vezes, hipervalorizámos um aspecto de conduta (que pode ser motivo de retrabalho permanente e de acréscimo) deixando outros na penumbra ou na completa penumbra. Estas as razões por que certos heróis podem ser iminentemente políticos ou completamente políticos. Os heróis criados por grupos dirigentes, estatais e/ou políticos, através dos seus produtores e conformadores de opinião,  podem não ser adoptados pelos cidadãos, podem não ter significado afectivo e comportamental para os cidadãos. E mais uma hipótese a testar: quando mais cheios de densidade política forem os períodos históricos, mais politizada é a produção dos seus heróis.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home