O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

04 fevereiro 2016

Quem produz refugiados?

Em certos órgãos de informação, os refugiados moçambicanos que estão no Malawi fogem das atrocidades atribuídas ao exército governamental. Para fontes nacionais confira por exemplo aqui e para as internacionais aqui e aqui. Mas segundo o "Notícias" de hoje, os refugiados fogem dos ataques da Renamo. Aqui. Segundo o "domingo", aqui. Com recurso ao contraditório, mas destacando atrocidades atribuídas ao exército governamental, aqui. Para a situação nutricional dos refugiados, um trabalho de um jornal malawiano aqui.
Observação: os refugiados tornaram-se um exercício de contabilidade simbólica de maldades e de bondades castrenses. Assim, em determinados círculos de opinião [com ênfase para certos blogues e certas páginas das redes sociais], a maldade pertence às tropas governamentais e a bondade aos guerrilheiros do exército privado da Renamo. Implicitamente nuns casos e explicitamente noutros, admite-se a legitimidade da existência de dois exércitos no país, o governamental e o privado.
Adenda às 07:46: uma imagem recorrente em certos círculos é a de que  Frelimo [sempre evacuam o Estado, para eles o Estado não existe] é produtora de ditadura e guerra e a Renamo produtora de democracia e paz.
Adenda 2 às 08:23: leia o cataclísmico quadro [a começar pelo título] apresentado pelo zitamar news aqui.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home