O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

24 julho 2015

O saque da madeira

Num despacho da "Lusa", citando um estudo da Universidade Eduardo Mondlane: "[...] a quantidade de madeira ilegal explorada no país e exportada para China de forma ilegal é 5,7 vezes maior do que o volume declarado oficialmente pela Direção Nacional de Terras e Florestas". Aqui.
Adenda: este diário tem centenas de entradas sobre o desalmado saque da nossa madeira. Tempos houve em que abordar no país a desflorestação era considerado, por alguns cavaleiros andantes do tudo está bem, acto de lesa-pátria, exercício de macomunação com a estranja maquiavélica. Mas faz já alguns anos - especialmente desde 2011 - que se multiplicam os relatos pungentes e frontais sobre o desalmado saque florestal do país. Neste diário há desde 2007 centenas de postagens sobre esse saque, a mais recente está aqui.

2 Comments:

Blogger nachingweya said...

Dentro de pouco tempo o discurso político do dia segundo o qual : "Há nas matas irmãos nossos que são enganados pela oposição" mudará para " Há no nada irmãos nossos deixados pelos madeireiros desalmados"
PS: esse conceito que se lê nos discursos oficiais segundo o qual as pessoas têm de sair das "matas" para o meio urbano desruraliza o país descaracterizando-o e aumentando a taxa de vadiagem urbana. É um discurso que despreza o campo, as aldeias onde vive mais de 80% dos eleitores que são, por esse veículo, considerados párias, marginais à norma, cidadãos de segunda, etc. Apesar de 80% do Conselho de Ministros vir dessas "matas"
PS2: quando comecei a trabalhar, Marcelino dos Santos, então Ministro do Plano, Economia e Finanças (?) respondendo a um pedido generalizado de instituição de subsídio de isolamento disse: "moçambicano isolado em Moçambique? De que é que um moçambicano se sente isolado no seu pai? Isolamento era para o colono que vinha do Minho ou o funcionário recrutado em Goa e colocado em Mecula ou em Lourenço Marques " Ainda que não concordasse tenho que reconhecer que o conceito de país do homem era mais consistente do que o destes chefes que consideram que têm irmãos nas matas... Lá longe do Moçambique que eles têm no coração.
Não gosto nada desse discurso.

24/7/15 3:26 da tarde  
Blogger nachingweya said...

Será que as autoridades de geologia estão acordadas e estão a ver o que está a acontecer na sua área?

26/7/15 5:15 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home