O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts
<div style="background-color: none transparent;"><a href="http://www.rsspump.com/?web_widget/rss_ticker/news_widget" title="News Widget">News Widget</a></div>

23 julho 2015

Monopólio de heróis

O monopólio na definição e na produção de heróis é um importante trunfo político, dotando formalmente de características gerais, universais, nacionais, aqueles que são definidos no interior de um grupo político hegemónico como obreiros de feitos excepcionais, como possuindo qualidades sobre-humanas. Produzidos os heróis, eles são, então, motivo de celebração periódica, alimentando vários tipos de poderes conexos.

1 Comments:

Blogger nachingweya said...

Um dos grandes erros por trás do conceito de Unidade Nacional é o cunho de Uniformidade Nacional se lhe tentou conferir. A unidade foi uma importante arma para a libertação mas o desenvolvimento só pode ser conseguido na diversidade. O nosso atraso é devido à estagnação monopartidária em que afundamos. Se na década 70não tivessemos morto Dr e pastor Urias Simango, Dra Joana Simeao, Dr kavandame, Dr Unhay, padre Dr Gwenjere, preso os Drs Aloni, Lourenço Sambani, Joaquim Marungo e tantos outros e os tivéssemos deixado contribuir com as suas ideias para este país, hoje estaríamos anos-luz à frente em termos de desenvolvimento social.
O monopartidarismo ou sua manifestação por via de maioria parlamentar é um erro de tal modo que se torna doentio como quando impede que empresas públicas manifestamente mal geridas não sejam fiscalizadas. A EDM nao paga a HCB o que vende em regime de pré pagamento. Está mesmo a preparar-se para pedir ao Goberno o perdão da dívida da HCB. Para onde vai o dinheiro das operações da EDM? Quem impede a fiscalização deve saber. O parque automóvel da sede da EDM também é ilustrativo sobre o que são as prioridades nessa empresa pública.

26/7/15 9:18 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home