O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

15 julho 2015

A enorme comitiva de Nyusi

Segundo o jornal "O País", na sua versão digital, a visita do presidente Filipe Nyusi a Portugal é "a maior de sempre numa deslocação ao estrangeiro: das mais de 150 pessoas, cerca de 80 por cento são homens de negócios." Aqui.

4 Comments:

Blogger nachingweya said...

Santo Deus!

15/7/15 9:00 da tarde  
Blogger Sir Baba Sharubu said...

Há muitos anos que o pais continua à espera de uma verdadeira surpresa, mas ela é lenta a chegar: água potável e luz nas casas dos moçambicanos, do Rovuma ao Umbeluzi.

17/7/15 8:51 da manhã  
Blogger Sir Baba Sharubu said...

Segundo o jornal "O País", na sua versão digital, a visita do presidente Filipe Nyusi a Portugal é "a maior de sempre numa deslocação ao estrangeiro: das mais de 150 pessoas, cerca de 80 por cento são homens de negócios."

E quem é que paga a viagem e a estadia dos 120 "homens de negócios" ?

Esperemos que não sejam os contribuintes moçambicanos.

18/7/15 7:53 da tarde  
Blogger nachingweya said...

A delegação também comporta artistas e cantores que se esforçaram durante a campanha eleitoral cujo saldo bancário não permite o desafogo de uma viagem à Europa. Acredito que as já falidas empresas públicas do tipo EMATUM, EDM devem estar a bancar a viagem de Verão da maior parte da delegação. Já temos visto a MCel a desdobrar-se em espetáculos musicais e ofertas de linhas em vez de investir na qualidade de serviço. Vemos a própria Assembleia da República a recusar uma transparente sindicância a EDM quando se veem obscenidades processuais em plena luz do dia na gestão da Electricidade de Moçambique, Empresa Pública.

18/7/15 9:17 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home