O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts
<div style="background-color: none transparent;"><a href="http://www.rsspump.com/?web_widget/rss_ticker/news_widget" title="News Widget">News Widget</a></div>

11 abril 2015

"À hora do fecho" no "Savana"


Na última página do semanário "Savana" existe sempre uma coluna de saudável ironia que se chama "À hora do fecho". Naturalmente que é necessário conhecer um pouco a alma da vida local para se saber que situações e pessoas são descritas. Seguem-se dois extractos reproduzidos da edição 1109, de 10/04/2015, disponível na íntegra aqui:
Nota: de vez em quando perguntam-me por que razão o ficheiro está protegido com senha e marca de água. Resposta: para evitar que os ávidos parasitas do copy/paste/mexerica o copiem, colocando-o depois no seu blogue ou na sua página de rede social digital com uma indicação malandra do género "Fonte: Savana". Mas, claro, um ou outro é persistente e consegue transcrever para o word certos textos, colocando-os depois no blogue ou na rede social, mas sem mostrar o verdadeiro elo. Mediocridade, artimanha e alma de plagiador são infinitas.

2 Comments:

Blogger Sir Baba Sharubu said...

A entrevista de Milton Machel a Farouk al-Kasim, no Savana 1109, é deveras interessante.

Obrigado Diario de um sociologo.

11/4/15 12:04 da tarde  
Blogger nachingweya said...

Mais tiros da PRM, descafeinado sem troco ,em Nampula deixaram um cidadão retido sem vida porque o agente que o escoltava foi treinado a disparar a queima roupa para a jugular dos suspeitos. Já aconteceu em Lichinga por causa do manifesto autárquico de bicicleta.ja aconteceu na porta da residência oficial do Governador da Zambézia. Acontece todos os dias em Moçambique. É de se crer que nos cânones da PRM, a pena de morte existe e está em uso.

11/4/15 10:27 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home