O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2018 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

01 março 2015

Por quê e para quê tantos visitantes?

"O Presidente da República, Filipe Nyusi, prometeu ontem, no seu primeiro discurso à nação, formar um Governo prático e pragmático, orientado por objectivos de redução de custos e no combate ao despesismo." Aqui.
Secas e cheias, por exemplo, dão ciclicamente origem a movimentos paroxísticos, a uma febricidade inusitada no país. Lá onde habita um posto administrativo, por exemplo, vão chegando, em vagas sucessivas, de carro ou de helicópetro, o administrador distrital, o governador provincial, o ministro ou os ministros, o primeiro-ministro, dirigentes partidários, esposas de dirigentes, finalmente o Presidente da República, ondas sucessivas de gente preocupada e aparatosa a querer saber o que se passa, a prometer ajuda, a distribuir conforto e víveres, em meio ao protocolo, à segurança, à imprensa, aos basbaques surpreendidos, etc. Há gente que passa uma boa parte da sua vida não a fazer o que institucionalmente devia fazer, mas a ir onde já foram outros e outras ou a esperar visitantes, a preparar indumentárias, a limpar vilas e estradas, a garantir alojamento para as as estruturas, gente afanosamente sempre em trânsito de uma visita a outra, de um visitante a outro, de uma seca a outra, de uma cheia a outra. Vida de cata-vento, vida de viagens, múltipla vida despesista. Por quê e para quê tantos visitantes?

1 Comments:

Blogger Tony Manna said...


Muito bom, é o que temos e árece ser o nosso Karma, ou a nossa permissívidade?
Já alguém um dia disse, que temos o governo que merecemos, será?
Saudações

1/3/15 7:18 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home