O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2018 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

27 junho 2010

"Desenvolvimento"


A empresa mineira australiana Riversdale tem agora um acordo com uma empresa chinesa para o "desenvolvimento" do projecto do carvão do Vale do Zambeze. Desenvolvimento é uma palavra linda, um tonificante eufemismo para disfarçar os interesses capitalistas em jogo no Vale. O que a empresa está a fazer é desenvolver sem parar os seus negócios e ampliar os seus lucros, agora com parceria chinesa. Recorde aqui, aqui, aqui.Free Translation
Nota: daqui a 30/50 anos, o carvão terá eventualmente acabado e nós ficaremos com a gloriosa tarefa de escrever sobre o desenvolvido esgotamento carvoeiro e de outras coisas mais. Acresce que os Bismarcks não são moçambicanos.

6 Comments:

Anonymous ricardo said...

E por falar em Bismarcks, nunca e tarde recordar que o um Bismarck de verdade disse:

"Os tolos dizem que aprendem com os seus próprios erros; eu prefiro aprender com os erros dos outros."( Otto von Bismarck )

Tinha razao, Professor. Nao sao mocambicanos. Sao arianos!...

27/6/10 4:01 da tarde  
Blogger aminhavozz said...

Desenvolvimento deve ser um 'business term' para exploração...

27/6/10 5:32 da tarde  
Blogger Carlos Serra said...

São parceiros...

27/6/10 5:53 da tarde  
Blogger umBhalane said...

Desconsigo de entender tanta sinofobia!

Os Chineses são uma bênção para África.

27/6/10 6:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Estará mesmo a Riversdale a "... desenvolver os seus negócios e ampliar os seus lucros, agora com parceria chinesa"?

E porque não pensar que a Riversdale aplicou milhões de dolares em estudos, para confirmação de reservas e,uma vez confirmadas as reservas, procura vender parte dos direitos que tem como forma de FINANCIAR o INVESTIMENTO necessário à fase de exploração?

Os lucros, se houver, vêm depois, na fase de exploraçao e venda da produção. Mas antes de extrair os recursos minerais é preciso "uma mina de dinheiro" para empatar no negócio.

É nessa fase de extracção e venda que, também o Estado receberá o Royaltie previsto na Lei.

...."sapateiro, sapateiro ... não vás além do chinelo".

Um abraço.

27/6/10 11:18 da tarde  
Anonymous ricardo said...

Silencio que se vai cantar o fado...

Bem-vindos ao mundo maravilhoso do grande Capital!

Camaradas Marcelino & Cia, aonde e que estavam com a cabeca quando seleccionavam estes tipos porreiros nas listas Celulas da Militancia para obter os canudos em Harvard ou Oxford, enquanto nos comiamos o pao que o diabo amassou?!

Ei-los agora com a liturgia bem afinada a exporem o seu pensamento analitico e anti-sapatal. Porque, VOS, sois tao pequenos, que nem sequer ja cabem no alcance da sua douta insignificancia intelectual.


Fala quem sabe (e pode).

28/6/10 7:35 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home