O blogue "Diário de um sociólogo" foi seleccionado em 2007 e 2008 pelo júri do The Bobs da Deutsche Welle - concurso internacional de weblogs, podcasts e videoblogs - como um dos dez melhores weblogs em português entre 559 concorrentes (2007) e um dos onze melhores entre 400 concorrentes (2008). Entrevista sobre o concurso de 2008 no UOL, AQUI.
Para todas aquelas e todos aqueles que visitarem este diário, os meus votos de um 2017 habitado pelo futuro, pela confiança, pela tranquilidade e pela saúde. Sintam-se bem e regressem sempre a este espaço criado a 18 de Abril de 2006. Abraço índico.
Myspace Layouts

24 abril 2009

Nada fácil

Não, agora não é mesmo nada fácil candidatar-se a presidente da República no nosso país: entre hoje e o dia 29 de Julho, os candidatos têm de cumprir com 11 exigências, entre as quais "um mínimo de dez mil e um máximo de vinte mil assinaturas de apoio reconhecidas por Notário" e um "Comprovativo de depósito de caução de cem mil meticais (cerca de 2800 dólares ao câmbio de 1 USD=26 Mt, C.S.) no Banco de Moçambique". Confira aqui.
Comentário: imagino a correria, a cautela e a atenção que os assistentes dos candidatos terão para, durante cerca de três meses, cumprirem com a lei.

8 Comments:

Blogger umBhalane said...

Isto é terraplanagem do terreno.
Assim a Frel já não precisa de um 4 x 4!
Está a facilitar…
e a dificultar…
ao mesmo tempo!

Dom da ubiquidade.

“A vitória prepara-se, a vitória organiza-se”.

24/4/09 4:06 da tarde  
Blogger Zefanias said...

algo estranho, não consigo descarregar o file. nem no site do conselho constitucional

24/4/09 4:46 da tarde  
Blogger Carlos Serra said...

Mas eu abri bem, Zefanias!

24/4/09 5:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sera que esta lei não viola a constituíção? Pode ser que a Renamo tenha razão. A lei Mae não coloca tais condições.
Por um lado esta lei servirá para dissuadir alguns aventureiros sem base e sem expressão como o Serrano, Ripua, José Viana etc que só servirão para dispersar votos e provavelmente recursos públicos.
Contudo, devo reconhecer que não será fácil recolhere RECONHECER a assinatura de 10.000 concidadãos com todos os impedimentos e sabotagens em desfavorecimento de uns e favorecimento de outros. O partido Frelimo, que está por trás de lei, de certeza que desde Janeiro que se está preparando.

24/4/09 9:17 da tarde  
Blogger umBhalane said...

"O partido Frelimo, que está por trás de lei, de certeza que desde Janeiro que se está preparando.

24/4/09 9:17 PM"

O Sr. deve ser "bruxo"!!!

Cuche-cuche.

Como dizem os meus irmãos Brasileiros:

Está na cara.

24/4/09 9:42 da tarde  
Blogger Reflectindo said...

Se isto for declarado inconstitucional, então a Frelimo jogou propositamente. Mas também é possível que não sse declare inconstitucional por certas razões.

Concordo que seja para evitar aventureiros, mas também há outros aventureiros provavelmente perigosos que podem ter 100 mil meticais e 20 assinaturas com muita facilidade. Sem essa lei as candidaturas a Presidente da República têm vindo a reduzir-se, pelo que não vejo a sua necessidade.

Por outro lado, este é mais um sinal de quão é perigoso permitir que a Frelimo ganhe 2/3. Mocambique está a voltar para 1975.

25/4/09 12:09 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

será em todos os países é pedido o requisito de assinaturas? será que isto nao será mais uma armadilha? as pessoas tem um certo receio de mostrar a cara que nao sao da frel. qual o regime de confidencialidade dos dados, o conselho constitucional nada diz no novo regulamento. JL

26/4/09 2:02 da manhã  
Blogger Nunoamorim said...

Não sei o que diz a constituição, mas eu sou da opinião que o Pais tem que ser mais exigente e selectivo na aprovação dos candidatos ao mais alto cargo da magistratura da nação. Não estamos a falar de Director de Escola.

Não gostaria de ter um candidato a Presidente da Republica que não tenha, pelo menos, 10.000 apoiantes. Se não seria a vergonha que vimos com alguns candidatos as eleições autárquicas. O caso da Ilha de Moçambique foi mais gritante.

Não vejo qual é a relação entre esta discussão objectiva e os 2/3 para qualquer partido politico.
Se a proposta de lei fosse no sentido de prolongar o mandato do PR, ai eu poderia concordar com o medo.

Orgulhosamente Moçambicano
Nuno Amorim

29/4/09 5:25 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home